Adeus a Moustapha Safouan

Adeus a Moustapha Safouan

Tempo de leitura: 1 minuto

Morreu no dia 7 de novembro de 2020 o psicanalista egípcio Mustafa Safouan aos 99 anos. Nascido em 17 de maio de 1921 na Alexandria, Safouan estudou filosofia na sua cidade natal, depois em Cambridge, na Inglaterra. Estudou filosofia também em Paris em 1946.

Em 1949, ele começou sua análise didática com o psicanalista francês Jacques Lacan, de quem frequentou os seminários nos anos 1950.

Safouan é reconhecido internacionalmente pela grande disponibilidade na transmissão da psicanálise. Ele é autor de várias obras nesse campo, como Le structuralisme en psychanalyse, de 1968, e Études sur l’Œdipe: introduction à une théorie du sujet, 1974.

Há apenas algumas semanas, li uma citação de Safouan feita pelo filósofo Alain Juranville, em Lacan e a filosofia, na qual Safouan ajudava a apreender a noção de representação, advinda da filosofia, na obra freudiana. O que me deixou com a impressão de que Safouan é um psicanalista lacaniano que parece ter conservado a capacidade de ler psicanálise na interdiscursividade com a filosofia.

A partida de Moustapha Safouan é uma grande perda para a psicanálise.

[wpdevart_facebook_comment/* Para remover esta mensagem, instale e configure o plugin WpDevArt Facebook comments (https://wordpress.org/plugins/comments-from-facebook/) em "Plugins > Adicionar Novo" */]